Antônio Carlos Bernardes Gomes ou Mussum!

0 Postado por - 21/11/2012 - obailetodo, Textos

“Eu não sou faixa preta cumpadi, sou preto interis, interis!” (Mussum)

O ano de 1994 foi especialmente trágico para qualquer criança desse país. Me lembro bem, quando aos 10 anos eu ainda mal tinha digerido a ideia de nunca mais assistir a uma corrida com o Senna, quando em 29 de Julho, logo depois de um transplante cardíaco,  Mussum pegou uma infecção generalizada e acabou não resistindo. Com os Originais do Samba ou em carreira solo, esse cara era fantástico e tocava um sambinha como poucos, com aquele molejo que só um bom malandro tem. Como comediante, uma das figuras mais engraçadas, sua imagem pra mim sempre está ligada a um sorriso ou a uma gargalhada. Enfim, toda a carreira desse artista é admirável.

 Em sua homenagem o Canal Brasil, dentro do programa “Retratos Brasileiros”, apresentou um documentário especial sobre suas memórias com diversos depoimentos de artistas como Alcione e Jorge Aragão. Dirigido por Sérgio Rossini, tem cerca de 20 preciosos minutos para quem quer recordar dessa figura. Uma curiosidade, o apelido “Mussum” foi dado carinhosamente por Grande Otelo. Não satisfeito com o especial do mestris, você pode conferir vários links com clássicos do Samba e algumas outras aparições memoráveis!

Retratos Brasileiros Mussum – Canal Brasil

Top 10 Oãzel Originais do Samba:

 1º  Do lado direito da rua direita

 2º Falador Passa Mal

3º Se gritar pega ladrão

4º Cadê Tereza

5º Tragédia no fundo do mar

6º Tenha fé, amanhã um lindo dia vai nascer

7º A dona do primeiro andar

8º Vou me pirulitar

9º Testamento de Partideiro

10 ºFilosofia de Quintal

Pra fecha com chave de ouro esse lance de memórias dos Originais do Samba, a Record tem em seus arquivos uma apresentação do grupo em Homenagem ao Rei Roberto Carlos que é imperdível!

 

Clássico do mestre junto a Dedé Santana.

Os Trapalhões – O governo tá certis

Os Trapalhões –  Funcionário dedicados

Mussum

Sem comentários

Deixe uma resposta