Como foi: Grito da Muda I

0 Postado por - 16/05/2012 - Na Lupa TV, obailetodo, Video

A festa da rádio que por mais de 20 anos luta pela liberdade nos meios de informação, rolou no teatro de arena da Unicamp. Só não foi melhor pois São Pedro não colaborou. É impressionante, quando um evento não visa o lucro, a energia que se forma. Bandas dos mais variados estilos estavam escaladas num line-up que prometia muito. Voz N’Ativa, Superpipe, Natural Mystic, MFC, JB e Trema na Lingüiça iriam garantir o som da noite.

Infelizmente depois das duas primeiras bandas a chuva apertou e por problemas técnicos as outras não puderam se apresentar. Nessa hora poucas pessoas foram embora, algumas buscaram abrigo nos prédios próximos e a maioria decidiu continuar curtindo embaixo d’água. Parabéns à mudeiragem, ao público e bandas que botaram os equipamentos na chuva, por fazer essa bela festa acontecer.

O vídeo abaixo dá uma dimensão muito pequena da festa e do espírito coletivo que rege a Muda, porém já um registro desse evento que já entrou para a história da Unicamp. Será a volta dos grandes shows? O tempo dirá.

8 + comentários

  • Marcos Dias Coelho 16/05/2012 - 9:13 am Responder

    IRADO!!! Mas não pude ir. Ainda estou com uma gripe terrível!!!

  • André 16/05/2012 - 4:58 pm Responder

    Eu quero é ouvir os ECOS desse GRITO!
    Quando rola?

    • Lucas Delaqua 16/05/2012 - 5:00 pm Responder

      Deve rolar em breve mais alguma coisa, avisaremos por aqui e na Muda também. Abraço!

  • Victor 19/05/2012 - 11:37 pm Responder

    A primeira música do vídeo é composição da banda Voz N’ativa? Onde consigo baixar esse som?
    Abraços.

  • Victor 21/05/2012 - 3:34 pm Responder

    Valeu Lucas, sabia que já tinha ouvido em algum lugar rs A versão deles parece ser bem legal, mais pesadona.
    Um abraço!

  • Brenda 22/05/2012 - 10:07 pm Responder

    Quando essa festa vai acontecer novamente? .. essa foi incrivel!!

  • […] estavamos com nossa câmera por lá para poder fazer um apanhado geral da festa como ocorreu no Grito da Muda. Dessa vez também não […]

  • Deixe uma resposta